GIF 728x90 - Produtos Exclusivos

Espanha encontra dificuldades mas vence a Itália nos pênaltis

Postado por em 27/06/2013

Categoria: Seleções
Etiqueta(s): Castelão, Copa das Confederações 2013, Espanha, Fortaleza, Itália



Espanha encontra dificuldades mas vence a Itália nos pênaltis

A Espanha enfrentou dificuldades mas conseguiu passar pela Itália e se classificar para a grande final da Copa das Confederações 2013, contra a seleção do Brasil no próximo domingo. Para tentar segurar o ataque espanhol, Cesare Prandelli armou a Itália com três zagueiros e seis jogadores no meio de campo. Gilardino foi o único atacante de ofício. E a estratégia funcionou. O jogo terminou empatado por 0 x 0 e foi para a prorrogação, que também terminou sem gols. Já nos pênaltis, a Espanha foi superior a Itália e venceu por 7 x 6. Esta é a primeira vez que a Espanha chega a grande final de uma Copa das Confederações.

Saiba como foi o primeiro tempo de Espanha x Itália

A torcida presente ao Castelão começou a vaiar a seleção da Espanha logo na saída de bola! Entretanto, o jogo começou com emoções. Aos 2′, Pedro manda de fora da área depois de pegar uma sobra de bola. O chute foi para fora. A Itália respondeu com Giaccherini aos 3′, também de fora da área. Mas ele pegou muito mal e mandou pra longe. Os italianos tiveram outra oportunidade aos 7′. Andreas Pirlo cobrou escanteio, Maggio tentou de cabeça mas a bola foi pra fora. E a Itália continua pressionando e criando. Aos 14′, Gilardino cruzou rasteiro pela direita mas a zaga espanhola tirou com perigo. A bola passou bem perto do gol de Casillas.

Aos 16′, De Rossi lançou Maggio na entrada da área e este tentou encobrir o goleiro da Espanha com um toque de cabeça. Aos 35′, Giaccherini cruzou para Maggio finalizar. Entretanto, Casillas fez uma ótima defesa e impediu o gol italiano. A Espanha teve sua primeira grande oportunidade aos 36′. Fernando Torres recebeu boa bola dentro da área, limpou Barzagli da jogada e finalizou. Porém, a bola passou muito perto do gol de Buffon. Aos 42′ aconteceu mais um ataque italiano, que domina o jogo mas não consegue marcar. Giaccherini finalizou após uma jogada individual. A defesa espanhola afastou e a bola sobrou para De Rossi fuzilar. Mas Casillas novamente fez boa defesa.

Confira os melhores lances da segunda etapa de Espanha x Itália

A Espanha conseguiu uma boa jogada logo no início do segundo tempo. Aos 3′, Iniesta e Torres fizeram tabelinha e Iniesta chutou frente a frente com o goleiro italiano, que conseguiu defender. A Itália deu sua resposta aos 23′ após uma boa troca de passes que deixou Marchisio livre na área para finalizar. Entretanto, Piqué conseguiu travar o chute na hora certa. Aos 28′, Jordi Alba lança para Pedro nas costas da zaga italiana. O goleiro Buffon se antecipa para fechar o ângulo e Pedro não consegue finalizar.

A Espanha chegou novamente, aos 39′. Fernando Torres partiu com a bola pela direita e rolou para Navas cruzar rasteiro para Piqué. Este tentou chutar mas acabou isolando a bola. Aos 44′ houve novo ataque espanhol. Fernando Torres escorou cruzamento de cabeça para Mata, que girou e chutou. Mas a bola foi fraca e Buffon fez a defesa. A Itália respondeu pouco depois, aos 47′. Após cruzamento pela direita, Aquilani tentou de voleio. A sobra sobrou para Gilardino mas a arbitragem marcou impedimento. A partida foi para a prorrogação.

O jogo entre Espanha e Itália foi para a prorrogação

A Itália já mostrou a que veio logo no começo da prorrogação. Aos 2′, Candreva cruzou na área pela direita e Giovinco tentou a finalização, mas foi travado. Na sobra, Giaccherini mandou um foguete de primeira e a bola explodiu na trave de Casillas. A Espanha respondeu aos 6′, após Xavi cobrar o escanteio. Piqué desvia e a bola cai limpa para Sergio Ramos finalizar, mas De Rossi impede a conclusão da jogada. Aos 8′, novo ataque espanhol. Iniesta tocou para Jordi Alba, que mandou de primeira por cima do gol. Fim do primeiro tempo da prorrogação.

No segundo tempo da prorrogação, a primeira oportunidade foi da Espanha. Logo aos 3′, Mata recebeu na entrada da área e mandou forte. A bola saiu ao lado do gol de Buffon. Aos 9′ aconteceu outro lance de perigo a favor da Espanha. Xavi mandou um chute colocado e Buffon não conseguiu defender. Na sequência, a bola bateu na trave e sobrou para Javi Martínez mandar um chute cruzado. A bola cruzou a pequena área e saiu pelo outro lado.

A decisão da vaga foi para os pênaltis

Como a prorrogação terminou sem gols, a disputa da vaga será decidida nos pênaltis.

  • Candreva cobrou o primeiro pênalti e marcou;
  • Xavi converte para a Espanha;
  • Aquilani cobrou no canto direito e fez;
  • Iniesta cobra e converte;
  • De Rossi cobra no alto e faz o seu;
  • Piqué também converte;
  • Giovinco cobra no canto e marca;
  • Sergio Ramos bate no alto e converte;
  • Pirlo cobra com categoria e marca;
  • Mata cobra no canto direito e faz o seu;
  • Montolivo converte a sua cobrança;
  • Busquets cobra e marca;
  • Bonucci isola sua cobrança, no melhor estilo Roberto Baggio;
  • Navas cobra no canto direito e converte.

A seleção da Espanha elimina a Itália e pega o Brasil na grade final da Copa das Confederações 2013. O jogo será domingo, 30/06 às 19h, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.


Sugestões de leitura:

Avalie este post.

Enviar Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(Spamcheck Enabled)