GIF 728x90 - Produtos Exclusivos

Brasil vence o Japão por 3 x 0 na estreia da Copa das Confederações 2013

Postado por em 15/06/2013

Categoria: Seleção Brasileira
Etiqueta(s): Brasil, Brasília, Copa das Confederações 2013, Estadio Nacional de Brasília, Japão



Seleção brasileira vence a França por 3 x 0 em amistoso na Arena do Grêmio

A seleção brasileira venceu o Japão por 3 x 0 na estreia da Copa das Confederações 2013, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Apesar das fracas atuações nos últimos jogos, a seleção do Brasil foi bem recebida pelo público de Brasília. Antes da bola rolar, no treinamento no gramado, os torcedores aplaudiram bastante o time brasileiro que retribuiu com acenos.

Confira algumas fotos da vitória do Brasil em nossa galeria de imagens!

Antes da bola rolar, um fato curioso. Quando Joseph Blatter, presidente da FIFA, anunciou seus agradecimentos a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, estrondosas vaias tomaram conta do estádio e interromperam o discurso do ex-jogador. Ambos ficaram bastante surpresos com as vaias e Blatter deu uma bronca na torcida: “Amigos do futebol brasileiro, onde está o respeito e o fair play, por favor?“. Entretanto, mais vaias foram ouvidas. Blatter, sem saber o que fazer, passou o microfone a Dilma que declarou aberta a Copa das Confederações 2013. Durante as vaias, ambas as seleções já se encontravam perfiladas para a execução dos hinos nacionais.

Veja fotos da cerimônia de abertura da Copa das Confederações 2013.

A seleção brasileira iniciou a partida estudando o Japão. Alguns passes foram trocados no seu próprio campo de defesa. Porém, o gol do Brasil saiu logo em seguida. Aos 2′, Paulinho, volante do Corinthians, armou um contra-ataque e sofreu falta da equipe japonesa. Na sequência da cobrança, Fred ajeitou a bola no peito e Neymar mandou uma bomba de fora da área que entrou no ângulo, sem chances de defesa para Kawashima, o goleiro japonês. A seleção do Brasil faz 1 x 0. Após o gol, o Brasil voltou a trocar passes esperando uma oportunidade de chegar ao ataque. Aos 8′, após erro na tentativa de domínio de Oscar, a bola é cruzada para Honda, que tenta de primeira e manda para longe do gol brasileiro. As duas seleções continuam se estudando e fica clara a proposta japonesa de se defender e jogar no contra-ataque. Aos 18′, Honda recebe e manda um belo chute. Júlio Cesar não dá rebote mas faz a defesa. Aos 21′, Hulk faz tabelinha com Dani Alves e bate já dentro da área. A bola desvia nos zagueiros e sobra para Kawashima espalmar. Na sequência do lance, os japoneses afastam a redonda. O Brasil busca o segundo gol mas fica preso na forte marcação japonesa, que se defende e tenta achar espaços para contra-atacar. Aos 40′, nova oportunidade para a seleção brasileira. O atacante Hulk recebeu na quina direita da grande área e mandou uma bomba, que bateu nas redes pelo lado de fora. Alguns torcedores do lado oposto comemoraram! Pouco depois, aos 42′, o Japão errou na saída de bola e Fred partiu para o ataque. Em jogada com Neymar, Fred finalizou bem mas o goleiro japonês desviou para escanteio.

O primeiro tempo foi encerrado com amplo domínio brasileiro. O Brasil teve 63% de posse de bola e 4 finalizações. O Japão finalizou apenas 2 vezes e ficou com 37% de posse de bola. Além disso, o Brasil cometeu 9 faltas contra 5 do Japão.

Na segunta etapa, o gol brasileiro saiu novamente no começo do jogo. Aos 2′, Paulinho recebeu passe de Dani Alves e mandou para o fundo das redes, com a ajuda do goleiro japonês. Foi o segundo gol do Brasil, 2 x 0. Mas o Japão não pareceu desistir da partida. Logo aos 4′, Uchida cruza para Okazaki mas a bola passou perto da trave esquerda do gol brasileiro. O Brasil deu uma diminuida no rítmo e passou a se poupar um pouco, fazendo passes curtos. O Japão buscava ao menos um gol mas errou muitos passes. Aos 35′, Fred tentou de cabeça após cobrança de escanteio mas a bola foi pra fora. Quando tudo pareceia resolvido, aos 47′ Oscar fez grande jogada pela esquerda e rolou para Jô, que ficou cara a cara com o goleiro japonês e tocou na saída dele. O terceiro gol do Brasil, 3 x 0.

A torcida saiu feliz e a seleção do Brasil ganha um pouco de paz e tranquilidade para a partida da próxima quarta-feira, contra o México no estádio do Castelão, em Fortaleza. O Brasil não fez uma partida brilhante, mas jogou bem melhor que nos últimos jogos. Há de se considerar, também, que a seleção do Japão não apresentou um grande futebol apesar de seus jogadores terem se esforçado.

Ficha técnica de Brasil x Japão no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha

Brasil: Júlio César, Daniel Alves, Thiago SIlva, David Luiz, Marcelo, Luiz Gustavo, Paulinho, Oscar, Neymar (Lucas), Fred (Jô) e Hulk (Hernanes).

Treinador: Luiz Felipe Scolari

Japão: Kawashima, Uchida, Konno, Yoshida, Nagatomo, Hasebe, Endo (Hosogai), Kiyotake (Maeda), Honda (Inui), Kawaga, Okazaki

Treinador: Alberto Zaccheroni

Partida: 1ª rodada do Grupo A da Copa das Confederações 2013

Data: 15/06/2013 às 16h

Local: Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, Brasília (DF)

Arbitragem: Pedro Proença (Portugal)

Gols: 1º tempo: Neymar (2?); 2º tempo: Paulinho (2?) e Jô (47?)

Público: 67.426


Sugestões de leitura:

Avalie este post.

Enviar Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(Spamcheck Enabled)